Boas Noticias !

Os últimos tempos não têm sido férteis em boas notícias. As consequências da crise internacional são já inevitáveis e apenas falta aferir a dimensão real do seu impacto na redução do emprego e do crescimento.

A preocupação com o curto prazo e o apoio prioritário que é preciso dar às empresas e às famílias, não nos devem impedir de vislumbrar um futuro melhor, sobretudo quando temos boas notícias que nos confortam e estimulam.

Na passada semana a Comissão Europeia divulgou o seu estudo anual sobre as dinâmicas de inovação nos diversos Países. É um estudo composto por 30 indicadores que medem a evolução em termos de estruturas de investigação e produção científica e de modernização e capacidade competitiva das empresas e dos seus produtos.

O estudo de 2008 evidencia excelentes resultados para Portugal. Na análise comparativa que engloba os 27 países da UE subimos cinco lugares (de 22º para 17º) de 2007 para 2008, porque foram agora considerados dados mais recentes já influenciados pela concretização do Plano Tecnológico. Fomos também o quinto País com melhor dinâmica de inovação, o que nos levou a passar do grupo dos Países em recuperação para o grupo dos Países moderadamente inovadores. Este resultado global reflecte excelentes comportamentos de alguns indicadores parciais, como a formação dos recursos humanos ou o investimento das empresas em investigação e desenvolvimento, em que fomos os melhores entre os 27 membros da UE em progresso relativo.

Na inovação Portugal está a convergir fortemente com a UE. Entre 2007 e 2008, o seu “score” cresceu 4,9%, o que representa mais do dobro da velocidade a que cresceu a União Europeia (2.1%). Na economia moderna, a convergência na inovação é uma condição determinante para a convergência no PIB e para a criação de mais emprego. Estou convicto que isso começará a acontecer assim que terminar a situação de crise global que atravessamos.

PS: O estudo integral pode ser consultado em http://tinyurl.com/eis2008
Comentários
Ver artigos anteriores...