Pipa de Massa

 Segundo o Presidente da Comissão Europeia ainda em exercício Durão Barroso, Portugal vai receber dos fundos europeus nos próximos seis anos uma “pipa de massa” orçada em cerca de 26 000 Milhões de Euros.  Não gostei do estilo nem do enquadramento em que Durão Barroso anunciou o suposto “bodo aos pobres” da Comissão Europeia perante uma aquiescência tímida de Passos
Ler o artigo completo...
Comentários

Eleições na Primavera

 Os ciclos políticos de governação em Portugal estão desenhados para que em condições normais as eleições decorram no início do Outono. O racional era claro. Esse era o tempo que permitia aos Governos saídos das eleições elaborar o Orçamento para o ano seguinte. O Tratado de Lisboa e a adoção do Semestre Europeu vieram alterar de forma substantiva este racional. Com o calendário
Ler o artigo completo...
Comentários

Desempate a Penaltis? Não Obrigado.

António José Seguro apresentou na convenção de 17 de Maio as bases programáticas dum futuro Governo do PS por si liderado. É um programa que resultou do contributo de milhares de militantes e independentes no quadro do Laboratório de Ideias e Programas para Portugal (LIPP) e das Conferências Novo Rumo. Participei ativamente nesse processo e tenho muito orgulho nisso. O Contrato de Confiança
Ler o artigo completo...
Comentários

O Plano Tecnológico Europeu

 Nas duras negociações que conduziram ao acordo que viabilizou a eleição de Jean Claude Juncker como Presidente da Comissão Europeia, o Grupo dos Socialistas e Democratas (S&D) onde se integram os deputados eleitos em Portugal pelo PS colocou como primeira condição o lançamento dum programa concreto de investimento que permitisse passar das palavras aos actos e gerar o crescimento
Ler o artigo completo...
Comentários

Fiscalidade Verde

 As famílias e as empresas portuguesas estão asfixiadas por uma carga fiscal descomunal e predadora, que não inclui parâmetros de inteligência fiscal, a não ser a “inteligência” de penalizar os rendimentos do trabalho em relação a outros rendimentos.   A prioridade política em Portugal deve ser criar mais riqueza para poder aliviar a carga fiscal. O célebre “mantra”
Ler o artigo completo...
Comentários

O Buraco da Minha Rua

 Há cerca de 3 semanas, ia eu caminhando na minha rua em Évora quando verifiquei que o calor sufocante desse dia tinha feito derreter o alcatrão num ponto no meio da via e que surpreendentemente por baixo do buraco visível estava uma razoável cratera resultante certamente da deficiente preparação do terreno quando a rua foi arranjada. Face ao risco implícito avisei a polícia e trinta
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...