Dividendos (Quem está a ganhar com as privatizações?)

  O Governo não é o Estado embora no regime democrático o Governo receba um mandato de administração em nome do interesse público. Quando o Governo decide alienar Património do Estado toma uma medida de fortes consequências dado que vende recursos que são do coletivo nacional. Essa alienação tem que ser por isso bem ponderada e devem ser salvaguardados os interessas nacionais.  Quando
Ler o artigo completo...
Comentários

Mais Soluções do que Moções

Há momentos em que as palavras não bastam. É preciso mostrar nos actos a vontade de fazer a diferença. Como Deputado eleito pelo Circulo Eleitoral de Évora e como Deputado Municipal em Montemor-o-Novo é meu dever partilhar um desafio à Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR – Alentejo) e a outras entidades competentes. Vem
Ler o artigo completo...
Comentários

O Alibi? A quem interessa a não fiscalização preventiva do OE 2014?

 Depois dos dois primeiros orçamentos da actual legislatura, terem revelado grandes entorses em relação ao Estado de Direito, ou seja, em relação à prevalência da Constituição sobre as leis comuns e de uma medida para - orçamental como o corte retroactivo das pensões ter sido arrasada por unanimidade pelos treze juízes Tribunal Constitucional, nada seria mais avisado e do interesse
Ler o artigo completo...
Comentários

Viver 2014

 Estamos a chegar ao fim de mais um ano. Um ano difícil para a maioria dos portugueses e um ano que termina sem que as expetativas de mudança para o ano que aí vem possam ser sustentadamente optimistas.  No plano político só as eleições europeias estão agendadas e não obstante serem de enorme importância, não serão suficientes por si só para inverter o declive de empobrecimento
Ler o artigo completo...
Comentários

Choque de Competitividade (Texto Publicado no Expresso de 21 de Dezembro de 2013)

 A economia portuguesa precisa de um choque de competitividade, para que seja possível exportar mais e substituir importações, gerando uma espiral de desenvolvimento sustentável. A competitividade é a chave do crescimento e do emprego. O governo tem uma abordagem maniqueísta que associa competitividade aos custos do trabalho. É um erro que conduz a especializações distorcidas,
Ler o artigo completo...
Comentários

Desertificação Seletiva (texto Publicado na Revista Alentejo)

Artigo para Revista Alentejo O nosso Alentejo continua a sangrar população, a perder massa crítica, a perder eleitores, empresas, associações. Em síntese, o processo de desertificação do Alentejo que nunca foi verdadeiramente estancado, mas que nos períodos de governação socialista teve notório alívio, tem-se agravado muito desde que o atual governo de direita iniciou o seu programa de
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...