Grátis (como ajudar o País a sair da crise)

Tive no passado dia 27 de Maio a possibilidade de encerrar uma conferência cuja estrela principal foi Chris Anderson, autor de dois Best Sellers recentes, designadamente do livro “A Cauda Longa” editado em português em 2007 pela Actual Editora e “Free – o futuro é grátis” editado pela mesma editora em final de 2009. São dois livros complementares e que propõem uma nova perspectiva sobre
Ler o artigo completo...
Comentários

Carro Eléctrico

A indústria automóvel move-se! Em primeiro lugar parece haver sinais duma retoma de procura na aquisição global de carros novos, com reflexos também em Portugal, o que constitui um sinal de potencial recuperação da economia, tendo em conta tudo o que esta indústria influencia. Ao mesmo tempo há cada vez mais sinais que a crise mexeu com a própria estrutura e com as prioridades tecnológicas
Ler o artigo completo...
Comentários

Uma explicação inconveniente?

Os tempos recentes têm sido férteis e desafiantes para os analistas económicos de todas as extracções e formações. As avaliações catastrofistas da situação económica de Portugal e dos Países do Sul que integram moeda única têm tido muito mercado, até porque constituem uma desculpa útil, para todos os “espectadores de bancada” que em consciência sabem que não fizeram tudo o que
Ler o artigo completo...
Comentários

A Europa está a renascer?

As últimas semanas não têm trazido boas notícias económicas para a Europa e para os Europeus. Um brutal ataque especulativo contra a moeda única obrigou primeiro a reacções avulsas fortemente penalizadoras das economias nacionais. O fracasso evidente dessas reacções avulsas conduziu no entanto a duas atitudes muito positivas por parte da UE, com a criação dum fundo comum de intervenção
Ler o artigo completo...
Comentários

Xangai

A Expo Xangai é um evento mundial que reflecte as dinâmicas de mudança que estão a ocorrer na sociedade e na economia global. A sua dimensão e localização são sinais da maior importância geopolítica e geoestratégica e que consolidam, após os Jogos Olímpicos de Pequim, a chegada plena da China à primeira linha de decisão e de definição dos padrões de desenvolvimento da nova era global.
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...