Nem tudo o que parece é (a propósito dos actos simbólicos da nova governação)

É normal que o inicio de um ciclo governativo seja marcado por actos simbólicos que posicionam a governação, traçam-lhe um estilo, entretêm a comunicação e dão a ideia de acção enquanto ainda apenas existe trabalho de organização.No entanto os actos simbólicos nem sempre são o que parecem e até esses (ou sobretudo esses) merecem ser analisados com detalhe para se compreenderem as linhas
Ler o artigo completo...
Comentários (2)

"Troika e Meia" - Primeiras impressões sobre o novo governo

Pedro Passos Coelho foi frontal e muito claro na sua campanha ao afirmar que se ganhasse as eleições se propunha ir para além da Troika na exigência dos programas de austeridade, na redução da abrangência do Estado Social e na privatização dos serviços públicos.Na expressão da sua vontade o povo português foi inequívoco na legitimação democrática dessa proposta e o novo Primeiro-ministro
Ler o artigo completo...
Comentários

Novo Ciclo (as razões de uma escolha para a liderança do PS

Participei com grande empenho e orgulho no ciclo político iniciado em 2005 e terminado nas eleições legislativas de 5 de Junho, liderado pelo Partido Socialista e tendo como seu Secretário-geral o Engenheiro José Sócrates. A avaliação histórica dos ciclos políticos exige tempo e distanciamento. A minha firme convicção é que quando o tempo necessário para a análise fria e objectiva tiver
Ler o artigo completo...
Comentários

A Galinha dos Ovos de Ouro (artigo escrito antes de 5 de Junho para a "Frontline" deste mês)

As energias renováveis e a eficiência energética são uma aposta determinante para a economia portuguesa. Os benefícios dessa aposta são conhecidos. Através dela é possível reduzir a dependência energética e o valor das importações, melhorar a qualidade do ambiente, criar emprego, fomentar as exportações,
Ler o artigo completo...
Comentários

Flagelação (partilha de uma inquietação)

O resultado das eleições legislativas de 5 de Junho pode ter muitas leituras, mas a que mais me inquieta é a significativa votação no programa socialmente insensível apresentado pelo PSD, em muitos concelhos e freguesias pobres com elevadas carências económicas e com redes de protecção social a rebentar pelas costuras. Que os mais abastados neste tempo de dificuldades se mostrem menos solidários,
Ler o artigo completo...
Comentários

Pessoas da Minha Terra (artigo publicado Hoje no DS mas escrito em 1 de Junho)

Por imperativo da Entidade Reguladora da Comunicação Social e por ter sido candidato nas eleições legislativas que ontem decorreram, interrompi pela primeira vez em quase vinte anos esta coluna regular do Diário do Sul (DS). Neste intervalo, não podendo chegar aos meus fiéis leitores através do Visto do Alentejo, tive oportunidade numa campanha eleitoral feita porta a porta e pessoa a pessoa,
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...