Diplomacia

A União Europeia é uma potência não convencional. Criada sobre os escombros da devastadora segunda guerra mundial, desenvolveu uma estratégia de defesa e segurança baseada sobretudo na cooperação e na interdependência para garantir com sucesso a paz interna, e na participação na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN - NATO) para assegurar a sua proteção contra os inimigos externos.

 

Os fundamentos para a paz interna estão mais atuais do que nunca. No plano externo, a reconfiguração geoestratégica que está a ocorrer no mundo coloca cada vez mais desafios de difícil resolução. A União Europeia tem que reforçar a sua União para a Defesa e a Segurança e ao mesmo tempo aprimorar a capacidade de usar os argumentos políticos e económicos como instrumentos de poder global.

 

O recente episódio de desvio pela Bielorrússia de um avião comercial que fazia um trajeto entre duas capitais europeias, para deter um jornalista dissidente, constitui uma prova de fogo para testar os limites que uma capacidade diplomática reforçada tem, quando é necessário responder a ameaças de segurança e de respeito pelos valores e princípios que dão corpo ao projeto europeu.  Ameaças consumadas, como foi o caso,com a conivência de uma grande potencia continental como é a Rússia.

 

Depois de uma resposta titubeante e pouco assertiva da Comissão Europeia, o Conselho Europeu aprovou um pacote de medidas gerais, a detalhar pelos serviços de ação externa da Comissão, que se devidamente aplicado tem poder mais do que simbólico. É fundamental que a sua afinação penalize as elites decisoras, em particular o ditador Lukashenko e os seus apaniguados, sem ferir a emergente sociedade civil, que depois da fraude eleitoral que voltou a ocorrer no ano transato, se tem vindo a afirmar contra o regime.

 

Não tenho dúvidas que os desafios do mundo em que vivemos exigem que a União Europeia reforce a sua aliança de segurança em defesa muito para além da dimensão diplomática, preparando o bloco também para as novas guerras travadas a partir do ciberespaço. Mas a diplomacia será sempre uma arma fundamental. Uma arma que à minha dimensão também procuro exercitar nas minhas funções de Copresidente da Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE. 

 

Também aí, respeitando a soberania, a chave fundamental é conseguir que as sociedades civis valorizam modelos de democracia e estado de direito favoráveis à paz e à cooperação e os consigam progressivamente impor. Não é tarefa fácil, mas é a especialidade da União Europeia. A sua arma de diferenciação geopolítica. 

 

 

Comentários
Correio da Manhã
Diário do Sul
DN
Fazer Acontecer
Frontline
JN
Malha Larga
OJE
Visão
Visto do Alentejo
06 2024
05 2024
04 2024
03 2024
02 2024
01 2024
12 2023
11 2023
10 2023
09 2023
08 2023
07 2023
06 2023
05 2023
04 2023
03 2023
02 2023
01 2023
12 2022
11 2022
10 2022
09 2022
08 2022
07 2022
06 2022
05 2022
04 2022
03 2022
02 2022
01 2022
12 2021
11 2021
10 2021
09 2021
08 2021
07 2021
06 2021
05 2021
04 2021
03 2021
02 2021
01 2021
12 2020
11 2020
10 2020
09 2020
08 2020
07 2020
06 2020
05 2020
04 2020
03 2020
02 2020
01 2020
12 2019
11 2019
10 2019
09 2019
08 2019
07 2019
06 2019
05 2019
04 2019
03 2019
02 2019
01 2019
12 2018
11 2018
10 2018
09 2018
08 2018
07 2018
06 2018
05 2018
04 2018
03 2018
02 2018
01 2018
12 2017
11 2017
10 2017
09 2017
08 2017
07 2017
06 2017
05 2017
04 2017
03 2017
02 2017
01 2017
12 2016
11 2016
10 2016
09 2016
08 2016
07 2016
06 2016
05 2016
04 2016
03 2016
02 2016
01 2016
12 2015
11 2015
10 2015
09 2015
08 2015
07 2015
06 2015
05 2015
04 2015
03 2015
02 2015
01 2015
12 2014
11 2014
10 2014
09 2014
08 2014
07 2014
06 2014
05 2014
04 2014
03 2014
02 2014
01 2014
12 2013
11 2013
10 2013
09 2013
08 2013
07 2013
06 2013
05 2013
04 2013
03 2013
02 2013
01 2013
12 2012
11 2012
10 2012
09 2012
08 2012
07 2012
06 2012
05 2012
04 2012
03 2012
02 2012
01 2012
12 2011
11 2011
10 2011
09 2011
08 2011
07 2011
06 2011
05 2011
04 2011
03 2011
02 2011
01 2011
12 2010
11 2010
10 2010
09 2010
08 2010
07 2010
06 2010
05 2010
04 2010
03 2010
02 2010
01 2010
12 2009
11 2009
10 2009
09 2009
08 2009
07 2009
06 2009
05 2009
04 2009
03 2009
02 2009
01 2009
12 2008
11 2008
10 2008
09 2008
08 2008
07 2008
06 2008
RSS Feed