Ebulição

A nova liderança do PSD iniciou o seu mandato de forma auspiciosa, com sentido de Estado e evidenciando um discernimento claro entre as linhas de fractura e alternativa que caracterizam o combate político democrático e as zonas de convergência exigidas pelo interesse nacional. Essa atitude deu rapidamente frutos nos estudos de opinião e o PSD passou para a frente nas sondagens. Não há uma segunda
Ler o artigo completo...
Comentários

"O Princípio de Queiroz"

O famoso “Princípio de Peter” ensina-nos que nas hierarquias tradicionais, baseadas no mérito, as pessoas vão ascendendo em função do seu bom desempenho até estagnarem num ponto em que o desempenho já não justifica a sua ascensão. Claro que este é um princípio teórico, que raramente se aplica em estado puro no mundo real (onde há muitas outras dinâmicas para além do mérito). Ainda
Ler o artigo completo...
Comentários

Tesouro sem Mapa

Quando há cerca de dois anos publiquei o “Visto do Alentejo” nº 777 arrisquei um percurso pela simbologia dos números e relembrei as etapas de vida que tinham marcado anteriormente outras crónicas capicuas como a 111, a 222, a 333, a 444, a 555 e a 666. Antecipei também um desejo. Sendo o 8 associado à riqueza, esperava que a crónica 888 (esta) fosse escrita num contexto de crescimento e
Ler o artigo completo...
Comentários

Félix Total

O Jornal Público de 5 de Agosto publicou no suplemento P2 uma excelente entrevista de Teresa de Sousa a Félix Ribeiro, Subdirector Geral de Prospectiva e Planeamento e um dos mais brilhantes pensadores sobre a cenarização estratégica do futuro do mundo em geral e de Portugal em particular.Já aqui escrevi sobre a forma como a teoria dos cenários é enfraquecida pela complexidade do mundo global.
Ler o artigo completo...
Comentários (1)

Évora (1165 / 2020)

A forma como titulo esta crónica pode induzir em erro! Não prevejo que nada de especial ocorra em Évora em 2020 e muito menos que se venha a verificar nessa data qualquer hecatombe que pronuncie o fim do ciclo histórico iniciado com a sua integração no reino de Portugal em 1165. A referência do ano 2020 é uma analogia com a fronteira do futuro estabelecida para as estratégias europeias e globais.
Ler o artigo completo...
Comentários (1)
Ver artigos anteriores...