Prova dos Nove (Nova Versão)

Mesmo quando os ventos correm de feição não é fácil ser político, empresário, criador, formador, administrador ou qualquer outra coisa que mexa com a gestão da mudança, os interesses instalados e as dinâmicas de transformação da sociedade. É no entanto quando os tempos são difíceis que é verdadeiramente colocada á prova a têmpera e a qualidade das mulheres e dos homens a quem a sociedade
Ler o artigo completo...
Comentários

Novas Energias - Um exemplo de liderança

Nas últimas semanas Portugal tem sido primeira página em várias publicações com impacto mundial por duas razões. Uma é a pressão continuada dos mercados financeiros sobre a nossa dívida externa. A outra é a excelência dos resultados que temos atingido na promoção das energias renováveis e da eficiência energética. No actual contexto competitivo os Países têm que fazer opções económicas
Ler o artigo completo...
Comentários

A Prova dos Nove

Mesmo quando os ventos correm de feição não é fácil ser político, empresário, criador, formador, administrador ou qualquer outra coisa que mexa com a gestão da mudança e as dinâmicas de transformação da sociedade. É no entanto quando os tempos são difíceis que é verdadeiramente colocada à prova a têmpera e a qualidade das mulheres e dos homens a quem a sociedade confia a liderança
Ler o artigo completo...
Comentários

10.10.10 (Falar Futuro)

No passado dia 10 de Outubro tive a oportunidade de participar numa excelente iniciativa da SIC Noticias, que lançou nesse dia 10.10.10 uma rede de debate e reflexão sob o lema “Falar Futuro 1.0”, gravando em simultâneo a resposta de 30 figuras públicas a 30 questões seleccionadas pelos visitantes do site www.falarglobal.com.As perguntas eram muito desafiantes, focando temas como a inovação,
Ler o artigo completo...
Comentários

Tarde ou Cedo?

Ninguém colocado num registo de Estado e de defesa do interesse nacional tem posto em causa a necessidade e até a pertinência das medidas de controlo do deficit público anunciadas pelo governo, face à inusitada pressão especulativa dos mercados financeiros internacionais. A dúvida legítima que alguns enunciam centra-se no tempo da decisão. Deveriam estas medidas ter sido tomadas mais cedo?
Ler o artigo completo...
Comentários (1)
Ver artigos anteriores...