Pelas Pessoas!

Tenho tido a oportunidade de integrar, pelas funções que desempenho no Grupo Parlamentar do PS, as delegações do meu Partido que reuniram com a Troika. Não posso nem quero revelar pormenores do que ocorreu nessas reuniões à porta fechada. As propostas do PS são públicas e as respostas das entidades internacionais cabe-lhe a elas divulgá-las
Ler o artigo completo...
Comentários

Escolhas Erradas (Texto publicado no @publico de 24/02)

A política é a arte da escolha. O governo português tem feito escolhas erradas na abordagem da crise económica e social que afecta o País.A União Europeia tem sido a grande perdedora da crise financeira global. Este insucesso da economia europeia tem duas raízes. Uma raiz ideológica e uma raiz metodológica. Do ponto de vista ideológico,
Ler o artigo completo...
Comentários

Tempo da Laranja (Boas vindas às novas elites dirigentes regionais)

Por decisão democrática dos eleitores chegou ao nosso Distrito o tempo da laranja. Após alguns meses para enraizar o novo poder, as principais instituições desconcentradas têm agora gestores nomeados pela coligação no poder, escolhidos de entre os seus dirigentes regionais ou arrematados nas fronteiras dos que se encobrem como técnicos para
Ler o artigo completo...
Comentários

Cidadãos do Mundo (artigo publicado na revista Frontline de Fevereiro)

Os portugueses são por natureza cidadãos do mundo. Temos espírito de aventura e de descoberta. Gostamos de viajar, de conhecer outros territórios e outros povos e de fazer de cada sítio a nossa terra e o nosso espaço.Ao longo da nossa história a diáspora portuguesa sempre foi forte e pujante. Um pequeno País do extremo oeste do continente
Ler o artigo completo...
Comentários

Pedro (Passos Coelho) e o Lobo

Aproxima-se a terça-feira de Carnaval. Pedro mandou que se trabalhasse em vez de permitir a tradicional tolerância de ponto. Alguns de nós, funcionários públicos, vamos trabalhar. A maioria vai desautorizar Pedro. A economia vai amargar pela quebra do negócio esperado nesta quadra. Quando Pedro gritar de novo, já ninguém vai acreditar que o Lobo
Ler o artigo completo...
Comentários

A Política dos 3 (E) - Apagão nas Qualificações

Portugal acordou na manhã de 25 de Abril de 1974 para uma nova etapa da sua história, sob o signo da designada política dos 3 D (s) – Democratizar, Desenvolver, Descolonizar. Hoje a política prevalecente deu um passo no abecedário. É a política dos 3 E (s) – Empobrecer, Entravar, Encerrar.Exemplo marcante desta nova realidade é a designada
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...