Pessoas e Políticas

Em tempo de eleições autárquicas é normal que nos discursos e nos” slogans” surja cada vez mais a referência às pessoas e ao seu bem-estar como fim último da política. Sei que muitos políticos dizem e praticam estes valores e que muitos dos que agora os proclamam o fazem com consciência e genuína vontade de concretizar as suas promessas. O mundo mudou e a política também tem que mudar.
Ler o artigo completo...
Comentários

Diálogo com "Surdos"

 O diálogo para obtenção de um compromisso de salvação nacional, de acordo com o solicitado pelo Presidente da República falhou. Visto em retrospectiva e sem preconceitos, penso que o PS esteve durante nove reuniões a dialogar com interlocutores que estão em estado de negação em relação à realidade do País.  Um estado de negação que faz com que não queiram ouvir, não
Ler o artigo completo...
Comentários

Quanto Vale um Voto?

Em 5 de Junho de 2011, 5 milhões e meio de portugueses exprimiram o seu voto nas eleições legislativas. Para que serviu cada um dos votos que os portugueses expressaram nessas eleições? Numa crónica como esta não posso abarcar todo o universo eleitoral. Assim, refletirei com base no que melhor conheço e no que me incumbe cuidar, ou seja, com base nos votos do PS.Nessas eleições o PS recebeu
Ler o artigo completo...
Comentários

Maturidade

A maturidade é uma forma de serenidade consciente que todos procuramos encontrar e que na maior parte dos casos acabamos por atingir, sem que se apague de todo da nossa vida o perigo de uma recaída inesperada.Mas como podemos ter a consciência de que atingimos a maturidade? Nada na minha formação académica me qualifica a opinar sobre o tema. Só a perceção empírica me permite dizer que o ponto
Ler o artigo completo...
Comentários

Instinto de Sobrevivência

  Nos tempos complexos que hoje vivemos o instinto de sobrevivência é uma característica fundamental de qualquer político que ambicione estar na primeira linha da representação democrática. Sem ele teríamos situações incontroláveis de rotação e desistência e a ação política acrescentaria o caos ao caos destruindo os fundamentos do regime democrático. No momento em que escrevo
Ler o artigo completo...
Comentários

A queda de um "Anjo"

  Com uma carta tão lúcida quanto tardia, Vitor Gaspar reconheceu finalmente a derrota do seu modelo e o fracasso da experiência, que sob orientação do Ministro Alemão das Finanças, aplicou a 10 milhões de portugueses.  Gaspar ficará para a história. Em dois anos conseguiu desgastar uma forte aura de “anjo” salvador, mas mesmo no momento da saída, muitos lhe reconhecem que
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...