A Força de Acreditar

Recentemente, numa animada tertúlia com amigos de diversas formações académicas, experiências profissionais, posicionamentos ideológicos e opções espirituais, a conversa solta conduziu à reflexão sobre um tema muito curioso; até que ponto a fé católica publicamente conhecida do selecionador nacional Fernando Santos contribuiu para a vitória da Seleção Nacional de Futebol no Europeu
Ler o artigo completo...
Comentários

Indignação (com as eventuais sanções)

Pululam pelos “media” e pelas redes sociais as mais diversas justificações e explicações sobre a sanha persecutória que leva a Comissão Europeia (e o Conselho) a insistirem na aplicação de sanções a Portugal e Espanha por, no que diz respeito a Portugal, ter sido detetado um desvio pontual, irrelevante e justificado, na execução orçamental de 2015 efetuada pelo Governo PSD/PP.
Ler o artigo completo...
Comentários

Qualifiquem-se Porra (vernáculo alentejano)

Para os menos habituados ao vernáculo alentejano, esclareço que o título deste texto se inspira na pichagem que um grupo de jovens da JS do Baixo Alentejo colocou em maio de 1994 na parede de um pontão inacabado da Barragem do Alqueva. O “Construam-me Porra” ali escrito no inicio da última década do século XX transformou-se num ícone da determinação e da vontade. A barragem construiu-se
Ler o artigo completo...
Comentários

Obrigado Mister (Portugal Campeão)

Portugal realizou um campeonato europeu de futebol que a todos nos encheu de orgulho. Com realismo e qualidade foi ultrapassando obstáculos e chegou ao palco grandioso da final e tornou-se campeão europeu de futebol.Uma caminhada destas, num contexto em que o futebol é hoje um espetáculo e um negócio global, exige uma grande congregação de esforços. Ninguém sozinho, nem mesmo um jogador
Ler o artigo completo...
Comentários

Viagem no Tempo (Sobre a Feira de S.João de Évora)

 Chegou ao fim mais uma corrida mais uma viagem, ou seja, mais uma feira anual em Évora. Para o ano haverá mais uma Feira de S. João no Rossio e de novo lá estaremos a percorrer os mesmos percursos e espaços, que com ligeiras alterações se vão mantendo há décadas com a mesma traça, sons, cheiros, luzes, alma.  Os pavilhões económicos, as barraquinhas das associações e
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...