Proximidade Global

A competição entre territórios de todas as dimensões pela atracção / manutenção de investimentos e de pessoas com elevado potencial está ao rubro, como seria de esperar num tempo de contracção económica e pressão social.Em Portugal essa competição vai ser particularmente visível e relevante no debate gerado em torno das eleições autárquicas e das propostas e agendas políticas que
Ler o artigo completo...
Comentários

Talento para enfrentar a crise

2009 é o Ano Europeu da Criatividade e da Inovação (AECI). É também um ano muito difícil para a União Europeia, obrigada a fazer face à crise global num momento de reconfiguração do seu modelo institucional e de reinvenção da sua base competitiva.Não foi por antecipar a turbulência económica e financeira que a Comissão Europeia decidiu propor que 2009 fosse dedicado à criatividade
Ler o artigo completo...
Comentários

AECI em Portugal - conceito

2009 é o Ano Europeu da Criatividade e da Inovação (AECI) por iniciativa da Comissão Europeia e decisão do Parlamento Europeu e do Conselho e será assinalado através dum programa comum e de programas nacionais. Num tempo de crise global, assinalar e comemorar o AECI não pode deixar de ser um pilar da resposta europeia a essa crise.O Ano Europeu da Criatividade e da Inovação (AECI) em Portugal,
Ler o artigo completo...
Comentários

AECI 2009 - mensagem de abertura

1. Bem-vindos ao Ano Europeu da Criatividade e Inovação em Portugal. Esta conferência de abertura não marca o seu arranque.2. Desde o dia 1 de Janeiro que um pouco por todo o País o ano tem vindo a ser assinalado.3. O nosso desejo é também que ele não termine em 31 de Dezembro. Temos a convicção que a criatividade e a inovação são parte da fórmula para a consolidação da
Ler o artigo completo...
Comentários

Lágrimas de Crocodilo

Que a situação económica no mundo e em Portugal estão difíceis não é novidade nenhuma e também não é de estranhar que em ano eleitoral esse facto seja usado pelas oposições para ganharem espaço e prometerem resolver melhor as dificuldades. Menos aceitável é o recurso à crítica fácil, sem credibilidade e ao sabor das conveniências de cada momento.O exemplo da Quimonda, a multinacional
Ler o artigo completo...
Comentários

Boas Noticias !

Os últimos tempos não têm sido férteis em boas notícias. As consequências da crise internacional são já inevitáveis e apenas falta aferir a dimensão real do seu impacto na redução do emprego e do crescimento. A preocupação com o curto prazo e o apoio prioritário que é preciso dar às empresas e às famílias, não nos devem impedir de vislumbrar um futuro melhor, sobretudo quando temos
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...