O Lado Iluminado

 Quando não nos deixamos afogar na melancolia ou submergir na febre consumista, estes tempo de natal e ano novo são bons para visitar a vida. Para relembrar e reencontrar os amigos, para estar mais tempo com a família e para finalmente agendarmos o encontro sempre adiado connosco próprios.      A vida é uma dádiva extraordinária, mas a consciência de termos sido
Ler o artigo completo...
Comentários (1)

Donald e outros "Patos"

 O candidato Republicano à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump personifica o que de menos recomendável existe na Política mundial. É um demagogo populista, inculto e xenófobo. No entanto, é ele que continua a liderar os Estudos de Opinião, sobre quem disputará, muito provavelmente a Hillary Clinton, a sucessão de Obama em nome dos Republicanos.A adesão que a mensagem rasteira
Ler o artigo completo...
Comentários

O Costa do Conselho

 Após um longo processo político, António Costa exerce agora plenamente legitimado o seu mandato como Primeiro-Ministro de Portugal, liderando o XXI Governo Constitucional. Este facto terá múltiplos impactos. Neste texto foco-me num impacto que por vezes passa despercebido, mas que será um dos mais importantes e determinantes. A partir de agora (Já foi assim na cimeira UE/Turquia), quando
Ler o artigo completo...
Comentários

O Vinho e o "Toque de Midas"

 Participei recentemente em mais uma reunião da Confraria dos Enófilos do Alentejo e no evento de anúncio e entrega dos prémios dos melhores vinhos engarrafados do Alentejo. Pela quantidade das candidaturas e pela qualidade das amostras (premiadas e não premiadas) pude verificar que os nossos vinhos continuam a progredir na sua qualidade, a conquistar mercados e a afirmar a identidade dinâmica
Ler o artigo completo...
Comentários

Fronteiras

A humanidade sempre progrediu derrubando fronteiras. Fronteiras de conhecimento, fronteiras no comércio, fronteiras de comunicação, fronteiras na aceitação das diferenças culturais e religiosas, fronteiras tecnológicas e fronteiras na circulação de pessoas e mercadorias, entre muitas outras. O processo de derrube de fronteiras nunca foi fácil nem linear. Teve progressos e retrocessos.
Ler o artigo completo...
Comentários

Viva A Liberdade

 Quando aterrei em Lisboa, chegado de um voo transatlântico, na madrugada de dia 14 de Novembro, senti no rosto das pessoas uma estranha inquietação. Não demorou muito tempo a saber a razão. O meu telemóvel estava inundado de mensagens e de notícias ainda algo difusas sobre mais um ciclo de atentados em Paris. Naquele momento, como deve ter acontecido com milhões de outras pessoas
Ler o artigo completo...
Comentários (1)
Ver artigos anteriores...